>

30 de jul de 2016

[Crônica] PEDRO LUSO – Políticos profissionais




  
POLÍTICOS PROFISSIONAIS
       – PEDRO LUSO DE CARVALHO


No mundo da política profissional, não se espera que existam homens e mulheres que militem em prol da sociedade. Eles escolhem esse caminho para facilitar as suas próprias vidas, com seus elevados salários, se comparados com a maioria dos salários dos demais brasileiros.
São esses homens e essas mulheres – os políticos – que estão sempre atentos para a criação de fórmulas mágicas para, na penumbra das casas legislativas, aumentarem os seus vencimentos e, assim, engordarem mais ainda as suas contas bancárias.
Esses mesmos políticos não pensam nos aposentados, que veem murcharem os valores de suas aposentadorias ao longo do tempo. Sequer se preocupam com a injustiça do que lhes cobra o Imposto de Renda, como se fosse renda a aposentadoria.
Para que essas deformações e injustiças sociais deixem de existir faz-se necessário que seja abolida a reeleição para todos os cargos, de vereador a presidente da República. O mandato único dificultará a prática de atos ilícitos, com a apropriação do dinheiro público.
Como o ser humano é ávido, em grande parte, o mandato único limitará a ação desonesta dos políticos. A reeleição, ao contrário, presta-se para o uso indevido do dinheiro que é do povo; dinheiro que deve ser canalizado para saúde, segurança, educação.
Muitos homens e muitas mulheres poderão passar toda uma vida sem cometer quaisquer atos ilícitos, desde que, no poder do cargo público, fiquem longe das poderosas empresas privadas, que lhes poderá acenar com as famigeradas propinas, quando contratam grandes obras.
Não me iludo, no entanto, que fica no plano do ideal a mudança, pelos políticos, da Constituição da República, com novo regramento para um único mandato – sem possibilidade de reeleição - em todos os âmbitos. O certo é que, com reeleição, o nosso dinheiro sumirá.



      *   *   *


35 comentários:

  1. Muito bem,Pedro! Esses são especialistas em arrumar seus bolsos, suas vidas. O resto? Se dane, pensam!!!
    Tem que mudar isso! Vão passando o tempo e eles não querem largar o filão...Deve ser muiiiiiiiiito bom e eles cheios de "bons pensamentos"!

    Já de volta, abração,chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelas fotos que vi em seu blog, foram ótimas as suas férias em Maceió.
      Seja bem-vinda aos pagos, chica.
      Abraço.

      Excluir
  2. Es muy triste que los políticos de nuestros países solo se enriquecen ellos y las personas del pueblo cada vez mas pobres. Son unos traidores a la patria.
    Muy buen artículo, Pedro.
    Un abrazo!

    ResponderExcluir
  3. Mucha razón tienes en esta crónica que has escrito. Los políticos por muy buenas intenciones que lleven para que la sociedad mejore, la mayoría, al final terminan siendo unos corruptos si se les da mucho tiempo en su cargo.
    Ha sido un placer pasar por tus letras Pedro.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  4. Excelente crônica, sempre com o seu padrão de qualidade
    literária, Pedro.

    A imagem escolhida, perfeita. Adoro esta obra genial de Portinari
    e apropriada para crueldade da falta de ética e humanidade dos
    políticos profissionais tão bem abordadas na sua crônica.
    Assino em baixo, meu amigo.
    Um bom domingo para o casal.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Desgraciadamente es una situación que pasa en la mayoría de los países y esos políticos dejan la política y sigue cobrando un salario inferior a vida.
    Buena crónica, un buen domingo.

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Pedro.
    A política é a mesma em todos os lugares, pelo que vejo... Aqui lidamos com muita corrupção, sujeira mesmo. Conversando com as pessoas que conheço - e até com alguns estranhos em pontos de ônibus e filas de banco, só ouço indignação, e a maioria, se tivesse condições (eu incluída), mudar-se ia para outro país, tal o nosso desconforto.

    ResponderExcluir
  7. Pedro...
    Infelizmente tenho de concordar que a política é um belo cargo – falando de Brasil. Na calada da noite estão garantidos altos salários e estranhas decisões
    Cada vez que leio os jornais, que assisto aos noticiosos pela televisão, e que tomo conhecimento das coisas feitas por aqui, da corrupção e da nossa política truculenta, dá vontade de me mudar para outras bandas. Pra Suécia, quem sabe.
    Nossos políticos fazem escola, ensinam o passo a passo como enriquecer sem fazer força, daqueles que tiram vantagens de tudo, pouco importando se é ilícito e imoral.
    Mas essa medida, para um mandato apenas, seria a salvação do Brasil. Mas isso é utopia, quem votaria contra essa boquinha? Política aqui é cargo vitalício! Seria ótimo darem uma olhadinha na Constituição. E arregaçarem as mangas… Essa maravilhosa obra de Portinari, revela muitos absurdos.

    Beijinho daqui do gabinete do lado...

    ResponderExcluir
  8. a corrupção é doença endémica do sistema.
    simples e eficaz a sua proposta, Pedro.
    deveria subir para aprovação a todos os Parlamentos da dita "democracia"

    abraço

    ResponderExcluir
  9. Sou inteiramente a favor desta utopia e proponho desde já uma emenda: serão inelegíveis os descendentes do eleito em todos graus e gerações. Claro que uma utopia, afinal estamos no Brasil. O Presidente do COI acaba de dizer que se fará uma Olimpíada à moda Brasil. É para se rir ou se chorar?
    Forte abraço,
    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Pedro pelo brilhante texto
    Caso sua proposta fosse aprovada no parlamento teríamos um número bem menor de corruptos nesse país. Quem sabe um dia... não nos custa sonhar
    Um abraço e boa semana

    ResponderExcluir
  11. Um texto para pensar. Por todo o lado acontece esta total desconfiança da classe política. E não é para menos, pois eles, os políticos, quando vão para o poder, quase sempre vão governar-se em vez de governarem...
    A imagem de Antônio Potinari é muito inquietante.
    Uma boa semana, Pedro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Lo pero de todo esto es que este artículo es aplicable a los políticos de casi todo el mundo. Entiendo lo que dices.
    Enhorabuena por tu artículo y reflejar de forma tan clara la realidad.
    Abrazos

    ResponderExcluir
  13. Por la misma puerta que entró la democracia, llega a nuestros paises los hombres corruptos en la política que, aunque no son todos corruptos, son los suficientes para que estén "bombardeando" al sistema. La gente del pueblo no debe consentirlo. No es suficiente con que vayan a la carcel, tienen que devolver hasta el último céntimo que hayan robado.

    Saludos cordiales.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia Pedro.
    Que texto bem interessante, a sua proposta seria uma solução para diminuir a corrupção. Acho que atualmente entrar na politica é um teste para a honestidade, que infelismente são todos corrompidos, e serem honesto se torna um sonho do passado. Já conheci de perto uma pessoa que se dizia honesto e quando se tornou politico, se tornou foi irreconhecível, é isso que faz ter dinheiro fácil, pouco trabalho e poder aquisitivo a custa de suor de muitos trabalhadores. Enfim eu sou descrente que um dia o nosso Brasil seja governado por alguém que permaneça honesto depois de assumir o cargo. Um lindo dia, enorme abraço.

    ResponderExcluir
  15. Um dos nossos melhores primeiros ministros - foi durante 15 anos, Alto Comissário para da ONU para os refugiados e atualmente é candidato a Secretário-geral da ONU - quando governou, dizia que todos os dias tinha de reservar algum tempo para meditar porque o poder exerce uma poderosa descaracterização.
    Porém, concordo consigo. O mandato único seria uma boa maneira de limitar a corrupção.
    Nós estamos a ser governados por um acordo de partidos que sempre foram opositores, ou seja, vivemos tempos incertos...
    Um Agosto confortável e feliz.
    Abraço cordial.
    ~~~~~~~~~~

    ResponderExcluir
  16. L'avidità e corruzione sembra essere prerogativa solo dei politici, ma non è così, appartiene a quell'umanità che ha smarrito i valori della compassione, onestà e convivenza. Un problema mondiale, che tormenta gli onesti. Un post importante e interessante che condivido! Bravissimo Pedro, complimenti, e buone vacanze!

    ResponderExcluir
  17. Molto bella l'immagine, emblematica della disperazione di chi non possiede nulla, tranne la dignità!

    ResponderExcluir
  18. En todo los países existen el mismo denominador común,la mala política,mayoria corrupta.
    Beso

    ResponderExcluir
  19. Acá en Chile igual, todos roban y son ladrones de cuello y corbata y lo que es peor de uniformes.
    Mis cariños para ti
    mar

    ResponderExcluir
  20. http://anna-historias.blogspot.com.es/.
    Te mando mi blog si quieres darle un vistazo gracias

    ResponderExcluir
  21. Olá, Pedro
    Infelizmente, esse "cancro" não é exclusivo do Brasil. Em Portugal (até nisso somos irmãos...) passa-se exactamente o mesmo, e em muitos outros países (nalguns bem pior, como sabe...)
    Essa medida de não poder haver reeleição talvez resulte aí no Brasil, mas cá duvido... Nos últimos anos temos vivido em alternância de poder: um mandato com certo partido no governo e outro na oposição; no mandato seguinte muda a posição... o que estava no governo passa para a oposição e o da oposição passa para o governo... :) e assim sucessivamente. É caso para dizer que só as moscas é que mudam... a ... é sempre a mesma!
    Solução? Meu amigo, não vejo nenhuma luz ao fundo do túnel... O mundo tem que dar uma grande volta... mas muito grande, mesmo!
    Enquanto isso não acontece, vou de férias, que bem preciso e mereço! :)))

    Como habitualmente vou ausentar-me durante Agosto e Setembro. Ainda me mantenho por cá mais dois dias... Amanhã à tarde embarco numa viagem de sete horas (com escala…) para uma praia paradisíaca. No regresso ao blog, em Setembro, publicarei fotos - espero!
    Deixarei programadas três postagens, a primeira das quais para o próximo dia 6. As restantes têm lá as datas anunciadas.

    Continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa viagem, Mariazita. Aproveite bem as suas férias, e volte com as baterias
      recarregadas, para enfrentar o resto do ano. Felicidades.
      Abraço.

      Excluir
  22. Está visto solo arreglan su cartera lo demás nos llenan de palabras.
    gracias por tu visita amigo .
    feliz fin de semana
    abrazos

    ResponderExcluir
  23. Ellos solo trabajan pensando en sus intereses. El pueblo les sirve solo para obtener votos.
    Un artículo muy bueno.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  24. Em Portugal passa-se quase a mesma coisa, os partidos politicos são verdadeiras agências de emprego.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  25. Oi Pedro, que linda e perfeita obra, que diz tanto para o momento em que vivemos aqui!
    E quanto ao tua proposta, seria bom demais se acatassem. Mas infelizmente será difícil esses corruptos largarem os ossos!!
    Abraços, Pedro, um feliz final de semana!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  26. Nossa política é uma tragicomédia um enlace entre estes políticos parasitas e uma população que ainda insiste em elegê-los

    ResponderExcluir
  27. É triste constatar que quem elegemos... quase nunca acabará por nos representar nos seus cargos políticos... independentemente das facções políticas... e o mesmo se passa em todo o lado... seu texto, poderia ser alusivo, aqui ao meu país, Pedro...
    É triste constar... mas política e ética... estão a anos luz de distância, uma da outra...
    Um grande abraço, me despedindo por alguns dias... conto voltar aos blogues, lá pelo final do mês!
    Bom fim de semana! E um feliz mês de Agosto, para vocês!
    Até breve!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boas férias, Ana.
      Aguardamos a sua volta
      Felicidades.

      Excluir

  28. Você escolheu bem a ilustração... criança morta, nossos sonhos mortos.
    Seria bom que o povo tivesse essa consciência e lutasse por isso.

    ✿゚╮Bom fim de semana!ه° ·.
    ✿⊰ه° ·.Beijinhos.

    ResponderExcluir
  29. Pedro Luso
    Sendo precisos, os políticos deviam ser provenientes das classe trabalhadoras e a saber o que o que é a vida. No geral, nada disso acontece, aos nossos políticos lhe basta terem o cartão de filiado num partido como atestado. A méritrocacia não lhes interessa.
    Veja e comente o post
    “São Luis – Ocupação Holandesa”
    http://amornaguerra.blogspot.pt/
    BRASIL: SORRISO DE DEUS.

    Abraço

    ResponderExcluir
  30. Cada vez me gusta menos la política. Besos.

    ResponderExcluir
  31. Pois é Pedro, você abordou uma questão clássica da politica, que é a reeleição,onde reside toda esperança deles de se locupletarem. Os profissionais conseguem e bem sabemos como.Esta critica sobre o abandono aos aposentados é perfeita e se a eles fossem dada uma aposentadoria como a da maioria,por certo já tinham feito algo por vincula-la a alguma constante que a faria estar sempre atualizada, mas ao contrário, o que se vê é um processo de todo mundo indo para o minimo. Casos de pessoas que aposentaram com 10 salários mínimos, hoje ganham menos que 4 salarios. É um absurdo roubar o poder de tranquilidade de uma pessoa, que lutou anos para atingir este status(sic) viver agora na margem da sobrevivência e que em muitos casos falha.
    Vergonhoso amigo ver estes profissionais aposentando com 8 anos de pouco trabalho e de mordomias.
    Parabéns pela cronica critica e ideia que deveria ser abraçada.
    Meu terno abraço.

    ResponderExcluir
  32. Los políticos son parásitos. A partir de determinado nivel de poder, se vuelven corruptos (o, si son honrados, han dejado la política). Supongo que habrá alguna excepción, pero me cuesta creerlo.
    Salu2.

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO