>

11 de nov de 2013

[Ensaio] PEDRO LUSO – Algozes da 2ª Guerra Mundial




              
                        [ESPAÇO DO ENSAIO]


                                            ALGOZES DA 2ª GUERRA MUNDIAL
                                                                                       – PEDRO LUSO DE CARVALHO



A História mantém em seus registros atos incontáveis sobre a atração que a guerra exerce sobre o homem. Dentre todos esses registros históricos, nada pode ser comparado com os fatos ocorridos na Segunda Guerra Mundial, período no qual muitos líderes deram vazão ao prazer de matar e subjugar seus semelhantes, sendo que nenhum deles pode ser comparado a Hitler.

Na Alemanha, assassinatos foram praticados de forma cruel pelos Nazistas, sob o comando do celerado Adolf Hitler. O morticínio de 150 milhões de pessoas, na da Segunda Guerra Mundial, inclui civis indefesos – homens idosos, mulheres e crianças. Muitos dos civis alemães certamente não ignoravam as atrocidades cometidas contra o povo judeu, como também não ignoravam os planos de domínio da Alemanha, no âmbito mundial.

O propósito de Hitler era a dominação do mundo e a exterminação do povo judeu. Esse também era o propósito da Alemanha Nazista, que impôs ao povo judeu torturas cruéis e morte, nos seus campos de concentração. Submetia-os a trabalhos forçados e os matava nas suas câmaras de gás.

E, em decorrência desses atos de ignomínia, a Alemanha tornou-se responsável por todos esses horrores. Foi responsável pelos crimes contra a Humanidade, praticados pelo seu exército, e teve de pagar uma pesada dívida de guerra, depois de 1945, no Julgamento de Nuremberg. Hitler foi apenas o Chanceler da Alemanha, e foi em seu nome que tantos crimes foram cometidos pelos alemães.

Além desses crimes praticados pela Alemanha, sob o comando de Hitler, sabidamente psicopata, outros crimes foram cometidos durante a Segunda Guerra Mundial, no período de 1939 a 1945. Além desse país, outros, que foram também responsáveis por muitos crimes, praticado nesse conflito: a Itália, de Mussolini; O Japão, de Hirohito; os Estados Unidos, de Roosevelt e de Truman.

Harry Truman, presidente norte-americano, também deixou sua marca de crueldade na História, ao ordenar o lançamento de duas bombas atômicas contra as cidades de Hiroshima e Nagasaki, em seis e nove de agosto de 1945, cujos efeitos foram devastadores, com a destruição de 60% dessas duas cidades, e com a morte de milhares de seus habitantes, além de milhares de feridos.




 *  *  *


Um comentário:

  1. Olá dr Pedro, tema triste, mas que não deve ser esquecido para que nunca mais se repita...tou lendo, paralelo ao que estou estudando no momento, A Menina Que Roubava Livros, cuja a história se passa na alemanha nazista, é um belo livro e mostra que apesar do nacionalismo implantado por Hitler, muitos, muitos não se dobraram, alguns perdendo a própria vida.
    Tenho medo dos caminhos que o mundo segue hoje, ternho medo que surja alguém tão ou mais cruel para explodir o mundo.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO