>

9 de jun de 2012

[Conto] CLAUDIA TAJES – Felicidade



           por  Pedro Luso de Carvalho


        CLAUDIA TAJES (Maria Claudia Tajes) é gaúcha de Porto Alegre, cidade onde nasceu, em 1963. Redatora publicitária,  frequentou faculdades  de jornalismo e de publicidade, sem concluir esses cursos. Lançou o seu primeiro livro, Dez quase amores, pela editora L&PM, no ano de 2000.

        Além de seu livro de estréia, Dez quase amores, escreveu, entre outros: As Pernas de Úrsula, 2001;  Dores, amores e assemelhados, 2002; A vida sexual da mulher feia, 2005; Contos de bolso [antologia de contos], 2005; Louca por homem, 2007;  Só as mulheres e as baratas sobreviverão (2ª ed. 2009).

        Claudia Tajes participou da antologia de contos - Contos de bolso -,  com  Vida, Felicidade e Língua. Dentre esses três contos curtos da escritora, escolhi, para esta postagem, Felicidade  (In Contos de bolso/ Alexandre Guardiola...Porto Alegre: Casa Verde, 2005, p. 44), como segue:


                                            [ESPAÇO DO CONTO CURTO]

                                                              FELICIDADE
                                                                (   Claudia Tajes)



        Os dois se conheceram ainda no colégio. Três anos de namoro, dois anos de noivado, casamento na igreja e no cartório. Quando ele foi promovido, tiveram um menino. Cinco anos depois, nova promoção e uma menina.

        Nunca brigam, nenhum dos dois tem amantes, os filhos estão na faculdade, e vão ao Carrefour juntos uma vez por semana, ela já começou os preparativos para as bodas de prata.

        Histórias que dão certo não dão bons contos.



                                                                 *  *  *


Um comentário:

  1. Excelente!!!.
    O Conto Curto sobre o cotidiano de uma longa estória de amor. E realmente o amor se encontra nas coisas mais simples do nosso dia a dia.Gostei muito.
    Um bom final de Semana!!

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO